Área do Cliente  
  Cadastre-se | Esqueci a senha
 

Serviços - Procedimentos Administrativos

Serviços Procedimentos Administrativos


Realizamos todos os serviços contábeis rotineiros, em um esforço pro ativo pára que sua empresa esteja sem em dia com seus compromissos.Os gestores administrativos são os responsáveis pela organização funcional de uma empresa (ou instituição), competindo-lhes estabelecer e controlar procedimentos administrativos e organizar circuitos de informação. Os gestores financeiros são os profissionais que planeiam, dirigem e coordenam as operações financeiras da empresa. O seu principal objetivo é assegurar que esta disponha dos meios financeiros necessários para o desenvolvimento da sua atividade e que estes sejam utilizados racionalmente.A existência de um gestor financeiro e de um gestor administrativo numa mesma organização é mais habitual nas grandes empresas. Na realidade empresarial, onde a maior parte das empresas são de pequena ou média dimensão, a situação mais comum é a existência de um gestor administrativo-financeiro, ou seja, de um responsável por ambas as áreas. Assim sendo, compete a este gestor um largo conjunto de tarefas, as quais variam consoante a dimensão da empresa e as responsabilidades delegadas pelos órgãos de direção. Na vertente financeira, compete-lhe controlar, dirigir e fazer executar a política financeira da instituição, de acordo com as diretor e conselho de administração ou da gerência da empresa. Os seus objetivos estratégicos consistem em otimizar investimentos, obter os fundos necessários para a concretização das políticas da empresa e prevenir os riscos que eventualmente possam vir a surgir. Para isso, realiza estudos de investimento, estabelece planos de investimento e financiamento e elabora o orçamento da empresa, estimando as suas receitas e despesas, com base no programa de atividades existente. Além disso, controla o comportamento econômico da empresa, medindo e interpretando os desvios entre as previsões e os resultados e sugerindo medidas de correção. A elaboração de relatórios, a realização de transações financeiras e a autorização de pagamentos são algumas das suas tarefas mais práticas. Na vertente administrativa, é da sua responsabilidade gerir toda a informação que entra, circula e sai da empresa. Esta gestão é fundamental para o correto funcionamento da empresa, pois é através dela que os diversos departamentos da empresa conseguem coordenar e sincronizar as suas atividades e que os meios financeiros, humanos e materiais se tornam disponíveis. A contratação de um novo trabalhador, por exemplo, implica uma série de contactos e formalismos entre o departamento de recursos humanos (responsável pelo seu recrutamento e seleção), o departamento financeiro (que autoriza a sua contratação, com base no orçamento), o departamento jurídico (que redige o contrato individual de trabalho), os serviços de contabilidade (que disponibilizam as verbas para o pagamento de salários) e o departamento comercial (supondo que o novo trabalhador era um vendedor). Sem a existência de procedimentos administrativos, seria impossível à empresa, além de contratar novos trabalhadores, comprar e distribuir matérias-primas e máquinas, prestar serviços a clientes, gerir a correspondência recebida, pagar a fornecedores ou cumprir as obrigações fiscais, entre muitas outras atividades. Atendendo às suas funções, o gestor administrativo-financeiro deve saber manter numerosos contatos - dos quais depende em grande medida o sucesso do seu trabalho - e é importante que tenha a capacidade de concretizar as políticas definidas a nível superior e de coordenar de modo eficaz o trabalho dos técnicos que estão sob a sua responsabilidade. Como qualquer gestor, é necessário que seja uma pessoa organizada e que saiba estabelecer prioridades de uma forma rigorosa. A capacidade de se envolver e relacionar com os outros é uma qualidade que também se pode revelar bastante benéfica. Para que consiga atuar de uma forma eficiente, este profissional deve, ainda, ter um conhecimento generalizado e atualizado das várias áreas da empresa - recursos humanos, contabilidade, vendas, etc. -, bem como da legislação existente, sobretudo da legislação fiscal, comercial e do trabalho. Pode, contudo, recorrer à ajuda de especialistas, tais como advogados, contabilistas ou auditores financeiros. O trabalho em equipa é uma prática habitual e necessária no dia-a-dia deste gestor, pois o seu trabalho depende muito da cooperação que estabelece com outros profissionais. Nos últimos anos, outras exigências têm-lhe sido impostas. Por um lado, a gestão financeira tem sido particularmente confrontada com a evolução dos sistemas bancário e fiscal, os quais se revelam bastante complexos nos dias que correm. É importante, por isso, que tenha um bom domínio dos procedimentos associados ao cumprimento das regras fiscais e que saiba lidar com as estratégias de marketing dos bancos, cada vez mais elaboradas e agressivas. Por outro lado, a generalização do uso de computadores na maioria das empresas levou a que os conhecimentos informáticos sejam um requisito cada vez mais indispensável a este profissional. Além de facilitar em muito as tarefas administrativas, a utilização de software adequado é muito importante na gestão financeira, dado que nesta área é necessário relacionar e interpretar muita informação (essencialmente numérica) e o computador fá-lo de uma maneira rápida e eficaz.
 

MCL CONTABILIDADE E CONSULTORIA
Rua: Tubalcain Faraco, nº.20, Sala 101
TUBARÃO/SC - CEP: 88701-150
Fone: (0xx48) 3052-3001 / E-mail: mcl@mclcontabilidade.cnt.br

Copyright © 2013 - Todos os direitos reservados